Gestão de Pessoas: os principais pontos de atenção

trilhante aulas direito

gestão de pessoas está envolvida em todas as áreas e em todas as empresas. Por conta disso, é necessário ter muitos pontos de atenção, ainda mais, se você é da área financeira.

Um gestor financeiro, por exemplo, também deve entender sobre gestão de pessoas para administrar sua equipe da melhor forma, pois lembre-se: não estamos falando apenas de pagar o salário em dia e esperar que todo o resto aconteça de maneira automática. Afinal, o modo como os profissionais são tratados faz toda a diferença nos resultados obtidos.


Quais os benefícios da gestão de pessoas para a área financeira?
benéficos gestão de pessoas

Todos os envolvidos ganham quando existe uma boa gestão de pessoas na sua equipe. O empregado se sente mais motivado e feliz no trabalho, enquanto ganha velocidade em sua produtividade, além de ter autonomia diante dos desafios. Já, para o líder, ganha uma equipe mais independente, motivada e os resultados são extraordinários.

Por fim, a organização ganha novos fiéis clientes dentro e fora da empresa. Mais participação de mercado e isso reflete em seus consumidores.


Como é a gestão de pessoas para a área financeira?
gestão de pessoas

Assim como qualquer outro gestor, o gestor financeiro também precisa garantir que as metas de seu departamento sejam batidas e que a equipe tenha sinergia e entregas necessárias para o trabalho fluir. Mas, muitos gestores financeiros ficam em dúvida nessa hora: O que posso fazer para conseguir uma boa gestão de pessoas?

Para você dar aquele pontapé inicial, vamos listar aqui os principais pontos de atenção que um gestor financeiro deve ter sobre gestão de pessoas:

trilhante aulas direito

1 – Conheça sua Equipe

É muito importante, em primeiro lugar, entender sua equipe. Quais são os pontos fracos e pontos fortes de cada um. Dessa forma, você ficará mais seguro em atribuir tarefas específicas, de acordo com a habilidade individual e, assim, elevar o desempenho do time todo.

2 – Tenha confiança

Muitos profissionais se sentem desconfortável na presença de um líder que desconfia o tempo todo. É necessário ter fé no trabalho da sua equipe. A confiança faz com que o trabalho flua, além de despertar novos talentos.

3 – Aprenda a delegar

Não é necessário que você se envolva em cada detalhe de cada projeto ou atividades rotineiras. Quando sua equipe estiver alinhada e bem preparada com seus objetivos, os resultados serão mais positivos.  Mas, lembre-se: você nunca deve se isolar de sua equipe. É importante para o profissional ter uma troca constante com o líder. Seja acessível, retornando prontamente as sugestões e críticas levantadas.

4 – Saiba recompensar

Delegar funções não significa que você não irá se envolver com a equipe. Pelo contrário. Estimule a participação do grupo. Essa postura fará com que ideias inovadoras surjam e os problemas serão resolvidos com mais prontidão. Também é possível premiar as melhores ideias ou as conquistas da equipe com um vale-presente ou um happy hour com toda a galera!

5 – Treinamentos

Perceba quais são os treinamentos que sua equipe demanda. Em resumo, esses treinamentos podem ser divididos em dois grandes grupos: treinamentos comportamentais (para adquirir conhecimentos específicos, como métodos de negociação e outros) ou treinamentos técnicos (para conhecimentos realmente técnicos, sobre como mexer em tal sistema, software, máquina ou equipamento, por exemplo).

Quais são as diferenças entre Gestão de Pessoas e RH?
rh e gestão de pessoas

É comum que as pessoas pessoas confundam gestão de pessoas com recursos humanos. Mas há uma enorme diferença. De forma simples, podemos dizer que os líderes de uma empresa são os responsáveis pela gestão de pessoas e utilizam o RH como um suporte para que as atividades sejam desenvolvidas e monitoradas.

Com esses pontos de atenção para gestão de pessoas, você conseguirá iniciar os primeiros passos com sua equipe e, com certeza, os resultados serão muitos positivos.